dd

A Sandice da Universidade por quotas

Políbio Braga em 20/05/2004
© 2004 MidiaSemMascara.org

O governo e o PT querem tratar quem tem êxito como um canalha que rouba os outros. A idéia é acabar com a “perversa” competição que premia os melhores.


“Há método nas sandices que o governo federal está propondo para o ensino superior”, escreveu neste domingo o influente jornal paulista “O Estado de S. Paulo”, ao analisar o anúncio de que as universidades públicas reservarão metade das suas vagas para alunos negros, índios, pobres (procedentes de colégios públicos) e de alguma outra raça, credo, origem ou procedência ainda não determinados.

Este filme o RS assistiu antes. É o velho ranço ideológico de marxistas e neo-marxistas, que na impossibilidade material de nivelar por cima, tentam nivelar por baixo, como acontece há quase 50 anos em Cuba . Foi o que atirou o Leste da Europa à lona.

O governo e o PT querem tratar quem tem êxito como um canalha que rouba os outros. A idéia é acabar com a “perversa” competição que premia os melhores.

Nas entrevistas que vem concedendo diabolicamente desde a semana passada, o ministro Tarso Genro não consegue desmontar a crítica de que nenhuma das suas medidas visa melhorar o ensino e ampliar o acesso à universidade.

Até o cão labrador do colunista, o sr. Yoda, sabe que as oportunidades são menores para quem estuda em colégio público e não porque o aluno seja negro, índio ou pobre. Mas Tarso não diz uma só palavra sobre a melhoria desses colégios públicos. Eles são muito ruins. Esta é uma rede atrasada que extrai do aluno qualquer chance de ascenção social.

O estabelecimento de cotas privilegia apenas quem sabe menos e vai conduzir o Brasil ao paraíso da incompetência universal. Tarso Genro não deve ter lido “Affirmative Action Around the World”, publicado há dois meses pela Yale, do estudioso Thomas Sowell. O livro demonstra que esta política de quotas quebrou a cara em todo o mundo que a adotou (Malásia, Índia, Nigéria e até EUA).

Outra baboseira do governo Lula e de Tarso, é a tentativa de criar uma escola pública de pós-graduação de Geopolítica e Defesa. A idéia do PT é que os militares façam um Projeto de Nação para o Brasil. Esta sandice esteve em voga durante a ditadura militar.


Publicado em políbriobraga.com.br