dd

Parabens FHC

José de Freitas Neules - MG

Sim, parabéns, Fernando Henrique Cardoso. Você conseguiu realizar uma obra de tal magnitude que poucos anos atrás parecia impossível: desmantelar completamente o Estado Nacional Brasileiro. O fecho de ouro vem agora com o racionamento de eletricidade que - na melhor das hipóteses - adiará indefinidamente qualquer chance de recuperação econômica. Crescimento então,
nem pensar.


Permita que sem nenhum espírito de lisonja (puxação de saco em bom português) este modesto articulista rememore a magnitude da tarefa que você acometeu e agora coroa de êxito. Como é sabida, essa grande obra de destruição começou com o Fernando I, eleito com os mesmos objetivos: destruir o Brasil e cartear suas riquezas para as mãos dos Donos do Mundo da Wall Street. Mas ele não tinha o seu gabarito! Em vez de enfrentar a tarefa, preferiu tratar de pequenas negociatas a fim de locupletar-se.Resultado mais que justo: seus patrões, os Donos do Mundo, o despediram e chamaram você para o serviço.

E você, Cardoso, não titubeou enfrentou em cheio esse imenso trabalho Primeiro tratou de neutralizar os militares, esses reacionários que poderiam - talvez - atropela-lo devido a sua tradicional curteza de visão. O virtuosismo com que você os anestesiou, colocando capachos mágicos em sua liderança (aqueles que se adaptam a ser pisados por qualquer sapato) só
honra sua capacidade

Depois foi só encher as mãos e a boca do Congresso corrupto de ouro e pronto, dar o Brasil a seus patrões. Merece aqui menção especial a felicidade com que você deu a Vale do Rio Doce - uma empresa cujo patrimônio é da ordem de trilhões de dólares e que foi dada por R$ 2bilhões- mais um
empréstimo-doação de R$ 7 bilhões! - Aqui você se superou.

E assim tudo o mais estatais de energia, comunicações, etc, etc, etc... Tudo foi dado, pressurosa e graciosamente aos Donos do Mundo. Atrevo-me mesmo a dizer que eles, seus patrões, se surpreenderam com a capacidade e rapidez com que você realizou seu trabalho. E agora veio a doação de um pedaço do território nacional (a base lançadora de foguetes de Alcântara, MA) e os
blecautes Sabe o que falta? Só a desintegração do Brasil através do separatismo. E o que está esperando? Eia, sus, você é capaz!

A História Universal e não apenas nacional - registrará o nome de Cardoso em grandes letras douradas. Porque você conseguiu ser mais neoliberalóroide entreguista que Milton Friedman: mais comunalha que Karl Marx, mais anarquista que Bakunin, em uma palavra, mais destruidor que Atila, o Huno!

Mais uma vez Fernando Henrique Cardoso, em nome de seus patrões, os Donos do Mundo, parabéns!