dd

ROBERT STEPHENSON SMITH BADEN POWELL

Fundador do maior movimento de jovens da História da Humanidade, o Escotismo. Nasceu em Londres em 22 de fevereiro de 1857, sendo o mais novo dos irmãos. Teve uma infância alegre e divertida. Desde menino, Baden Powell aprendeu em caminhadas e excursões a cuidar de si mesmo e ter confiança em suas habilidades. Estudou em escolas públicas, onde foi estudante ativo. Em 1876 passou nos exames de admissão do Exército e foi servir no 13° Regimento de Hussardos, na Índia. Graças a sua competência, honestidade e espírito de liderança, fez carreira militar brilhante. Participou de algumas guerras, como a Guerra do Transvaal em 1889 onde comandou a guarnição de Mafeking. Como havia poucos soldados regulares em Mafeking, Baden Powell treinou alguns cidadãos e teve que organizar um grupo de jovens cadetes, adolescentes que desenvolviam atividades de apoio como cozinhar, lavar, entregar mensagens e primeiros socorros. Esse evento foi importante na concepção de Baden Powell em criar mais tarde o Movimento Escoteiro. Graças aos seus feitos patrióticos, tornou-se herói na Inglaterra e numa de suas viagens de volta viu alguns meninos usando em suas brincadeiras um livro que ele havia escrito para exploradores do Exército, que continha informações de acampamentos e sobrevivência na selva. Entusiasmado, realizou em 1907 um acampamento com 20 jovens na Ilha de Brownsea, onde ensinou várias coisas importantes. Devido ao bom resultado desse acampamento, Baden Powell começou a escrever o livro: “Escotismo para Rapazes”, que inicialmente foi vendido em fascículos. O sucesso do livro foi tão grande que BP resolveu organizar um movimento de jovens espalhados pelo mundo, com ênfase na vida coletiva e bucólica, e daí surgiu de fato o escotismo. Rapidamente o movimento se espalhou pelo mundo e congregou vários jovens, envolvidos pelo lema: “ Deus, Pátria e Próximo”. Em 1920 foi realizado em Londres um grande acampamento com escoteiros de várias nacionalidades. Nesse acampamento, chamado de Jamboree, BP foi aclamado Escoteiro Chefe Mundial.
Depois de vários anos de dedicação ao Escotismo, viajando pelo mundo e fundando Associações Escoteiras, BP sentiu suas forças declinarem. Retirou-se então para uma propriedade que possui no Quênia, em Nairobi, na África. Ali, na compania da esposa, dividia o tempo entre a pintura, a numerosa correspondência e a visita de amigos. Faleceu na madrugada de 8 de janeiro de 1941, enquanto dormia. Fica para nós o exemplo do grande idealista que tentou congregar todos os jovens do mundo num objetivo de paz, fraternidade e cooperação.